[pt]   Login

12 anos ao seu serviço (2005-2017)

Necessidades em vibração e/ou ruído?
Contacte-nos.
Temos uma resposta para si.

Notícias/Destaques

Mais de 811 mil portugueses expostos a rudo acima dos valores limite em 2010

2012-01-26 - A populao exposta a rudo acima dos valores limite em zonas sensveis como as reas habitacionais, com escolas ou hospitais ultrapassou em 2010 as 811 mil pessoas, segundo dados da Agncia Portuguesa do Ambiente (APA).

No Relatrio do Estado do Ambiente, divulgado pela Agncia Portuguesa do Ambiente (APA), a maior parte desta populao foi sujeita a nveis excessivos provocados pelo transporte rodovirio.

Os efeitos do rudo no corpo humano dependem da intensidade e do tempo de exposio, podendo ir de uma simples dor de cabea at alteraes do sistema nervoso ou do ritmo cardaco.

Os indicadores para a populao exposta a rudo de grandes infraestruturas de transporte, com exceo do concelho de Lisboa, apontam para 754.900 habitantes afetados pelo barulho provocado pelo transporte rodovirio e 52.200 pelo ferrovirio.

Quanto ao transporte areo, 46.000 pessoas -- fora da autarquia de Lisboa - foram sujeitas em 2010 a nveis excessivos de rudo provocado pelos avies que descolaram e aterraram no aeroporto da capital.

Nas zonas mistas, foram 131.600 as pessoas expostas a nveis de rudo acima do limite.

Quando a anlise se refere ao perodo noturno, com limites mais exigentes, a populao exposta a rudo acima do indicado para zonas sensveis ultrapassou as 475 mil pessoas (475.600), a maior parte das quais (435.200) sujeitas a nveis excessivos provocados pelo transporte rodovirio.

Os valores limitem dependem das zonas em anlise, que esto divididas em vrios grupos, como as sensveis - referentes a reas de uso habitacional, com escolas, hospitais ou espaos de lazer, as mistas ou sensveis prximas de grandes infraestruturas de transporte.


Mais informação em: http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/01/16/mais-de-811-mil-portugueses-expostos-a-ruido-acima-dos-valores-limite-em-2010

Guardado em: Ambiente

Guardado em: Sade